sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Mãe de ídolo da Chapecoense conforta repórter do SporTV no ar


Ilaídes Padilha, mãe do goleiro Danilo, enaltece trabalho da imprensa e distribui abraços aos jornalistas que fazem a cobertura da tragédia em Chapecó

“Isso aqui é uma mãe que está abraçando. É uma mãe que está dando esse carinho agora. Eu estou sofrendo com a morte do meu filho, mas eu tenho certeza que a dor no coração de cada um de vocês é igual ou maior.” A senhora Ilaídes Padilha, mãe do goleiro Danilo, ídolo e titular da Chapecoense, chegou nesta sexta-feira a Chapecó e, como a maioria dos familiares das vítimas do acidente aéreo da última terça-feira, tem que encontrar forças para falar sobre a dor que sentem a centenas de jornalistas que se revezam em entrevistas. Ilaídes, porém, inverteu os papéis. Pediu a Guido Nunes, profissional do canal por assinatura SporTV, que respondesse o que ele sentia ao perder amigos e colegas de trabalho (a tragédia na Colômbia vitimou 21 profissionais de imprensa).

Após um longo abraço, Guido não conseguiu retomar a fala. Estava em prantos. Mas dona Ilaídes continuou a confortar o jornalista e explicou aos demais repórteres que acompanhavam a tocante cena a importância do trabalho da imprensa nesse momento difícil. “A imprensa ficou na frente da minha casa desde terça-feira de manhã. Ficaram me dizendo: ‘Mande-os embora, são paparazzi’. Não são. Foram eles que fizeram a carreira do meu menino. Eles estão pedindo se podem ficar ali, pedindo por uma entrevista.”

Mãe de jogador, evidentemente, acompanha as notas atribuídas aos atletas após cada partida. Dona Ilaídes não era diferente. Ficava feliz com uma boa nota, irritava-se com um mal conceito. “Lá em casa demos um apelido a vocês: os cornetas. Mas foram os cornetas quem fizeram do meu filho um ídolo. Então não poderia deixar de dar uma entrevista.”




Fonte:veja.abril.com.br

Plantão Policial: Candói, Reserva do Iguaçu e Pinhão do Dia 1º de Dezembro 2016


CANDÓI 01 – DISPAROS DE ARMA DE FOGO

No dia 02 dez. 16, por volta das 1h, a equipe foi chamada para prestar atendimento a uma ocorrência de roubo. Na localidade de Três Pinheiros, encontrava-se a vítima, o qual relatou que estava em deslocamento pela rodovia BR 277, sentido Cascavel x Guarapuava, quando foi abordado por um veículo Peugeot, de cor prata. Os indivíduos deste veículo estavam armados, e ordenaram que ele parasse. O solicitante não obedeceu a ordem e continuou pela rodovia, sendo que os suspeitos então passaram a atirar contra o seu veículo. Foram acertados aproximadamente 09 (nove) disparos de arma de fogo no veículo, porém ninguém se feriu.


RESERVA DO IGUAÇU 01 – FURTO QUALIFICADO DE VEÍCULO AUTOMOTOR

No dia 1º de dezembro de 2016, as 11h00min, compareceu no Destacamento Policial Militar, o solicitante relatando que deixou sua motocicleta Honda Nxr 150 Bros, estacionada na Rua Grécia, Vila Copel, com a chave na ignição e o capacete, e adentrou num estabelecimento, permanecendo lá por cerca de 20 minutos, ao sair notou que a motocicleta não estava mais no local. Foi realizado patrulhamento e orientada a vítima.


PINHÃO 01 – ROUBO AGRAVADO

No dia 1º de dezembro de 2016, às 04h40min, o solicitante relatou que foi abordado por 03 (três) indivíduos encapuzados e de posse de arma de fogo, os quais, mediante grave ameaça, o amarraram com cabos de carregador de celular no interior de sua residência. Após rendido, os indivíduos subtraíram alguns objetos, sendo eles 01 (um) notebook, 01 (um) aparelho de DVD, 01 (um) par de tênis, 01 (uma) ponteira de carregador e um veículo VW/Saveiro de cor preta. Após os fatos os autores se evadiram do local.

A equipe deslocou até a residência da vítima para colher maiores informações, e avisou sobre a situação às equipes de Guarapuava e Entre Rios. Durante as buscas, foram recebidas informações que um VW/SAVEIRO, em alta velocidade, estaria transitando pela PR-170. Iniciou-se então acompanhamento tático ao veículo, o qual veio a perder o controle, rodando na pista, e os indivíduos se evadiram para um matagal. Os autores, ao empreenderem fuga, efetuaram vários disparos de arma de fogo. Segundo informações, havia um veículo Peugeot/207, na cor cinza, dando apoio aos autores do roubo. Este veículo foi acompanhado por outra equipe policial, a qual visualizou os mesmos arremessando objetos de dentro do veículo.

Uma outra equipe aguardava o Peugeot, nas proximidades da ponte do Rio Jordão, sendo que os indivíduos, ao perceberem a presença da viatura, tentou jogar o veículo contra a mesma. Foi realizado o bloqueio da estrada PR 170, com o auxílio de uma carreta, e sinalizado o local com as viaturas, momento em que o veículo Peugeot, veio em direção a equipe, em alta velocidade, sendo efetuados disparos de arma de fogo, vindo o veículo a desviar da rota original e colidindo com o barranco do outro lado da pista. Foram abordados os indivíduos e dada voz de prisão.

Os indivíduos foram conduzidos para UPA BATEL, para atendimento médico devido ao acidente. Após o atendimento foram conduzidos para a 14ª SDP, para a realização dos procedimentos cabíveis. A vítima reconheceu os autores e os objetos, os quais foram encontrados no interior do veículo


Guarapuava, 02 de Dezembro de 2016 Setor de Comunicação Social - mor

quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Em ano de crise econômica, Coamo distribui R$ 98,1 milhões aos seus associados


Valor é referente a sobras de 2016 e será repassado antecipadamente, como ocorre todos os anos, aos 28 mil associados dos estados de PR, SC e MS

Apesar do ano difícil para a economia, as sobras de 2016 foram maiores do que no ano passado. Em 2015, foram distribuídos, na mesma época, R$ 97 milhões pela cooperativa. Em 2014, o valor tinha sido de R$ 73 milhões. ““A Coamo possui tradição do pagamento antecipado das sobras nesta época do ano. Essa condição é realizada desde a sua fundação, há 46 anos. Além de ‘engordar’ as festas de final de ano, o dinheiro das sobras ajuda a impulsionar o comércio nas várias regiões da área de atuação da cooperativa”, disse Gallassini em nota enviada à imprensa.

De acordo com a Coamo, o dinheiro será pago em todas as unidades da cooperativa no Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul. “Os cooperados têm direito ao benefício na proporção da movimentação de cada um, durante o ano, com os produtos soja, milho, trigo e insumos”, diz a cooperativa em nota.
Faturamento

A Coamo informa que a antecipação só é possível devido a solidez, administração e bons resultados que a cooperativa vem obtendo. Um sintoma do sucesso deste ano é o faturamento da empresa, que deve ultrapassar os R$ 11 bilhões. “Comemoramos novamente esses bons resultados, fruto da participação efetiva dos cooperados e da boa administração da diretoria. Neste ano que estamos prestes a encerrar, mais uma vez, o balanço é positivo com aumento nos volumes de produtos. E apesar da crise que diversos setores do país vem passando, a agricultura consegue se manter muito bem e ainda apresenta números positivos”, assinala Gallassini.

Mesmo em um ano difícil para a economia brasileira por causa da crise econômica, a Coamo, anunciou nesta quarta-feira (30) que vai engordar as ceias de Natal e Ano Novo dos seus 28 mil associados. Na próxima quarta-feira (7), a cooperativa, com sede em Campo Mourão, no Noroeste do Paraná, vai repassar R$ 98,1 milhões em sobras da cooperativa referente a 2016. A oficialização do repasse foi confirmada pelo próprio presidente da entidade, José Aroldo Gallassini.




General relata gritos ao tentar resgatar jogadores da Chapecoense


Por causa da escuridão, não se sabia de qual direção vinham as vozes. Quando clareou, o general disse que ficou triste ao ver camisas do time espalhadas

A missão de resgate do avião que trazia a delegação da Chapecoense e caiu a poucos quilômetros de pousar em Medellín, na Colômbia, foi uma dura tarefa para os envolvidos. Um dos coordenadores do trabalho, o general da Polícia Nacional Colombiana em Medellín, José Acevedo, contou as dificuldades da operação, incluindo os momentos tristes em que teve dificuldade de contar a emoção.

Acevedo disse que o momento mais difícil no trabalho de cerca de 15 horas na região do acidente aéreo, na última segunda-feira, foi escutar, durante a noite, gritos de socorros dos sobreviventes. Por causa da escuridão, não se sabia de qual direção vinham as vozes. Quando o dia clareou, o general disse que ficou triste ao ver camisas do time e chuteiras espalhadas pela mata.

“Foi um momento muito complicado do meu trabalho. Mesmo quem é experiente, como eu, fica abalado pela tragédia, pela juventude das vítimas e a comoção que isso causou no Brasil e na Colômbia”, disse Acevedo. O general esteve na quarta-feira no estádio Atanasio Girardot acompanhado do prefeito de Medellín, Federico Gutierrez Zuluaga, e do presidente do Atlético Nacional, Juan Carlos de la Cuesta, para combinar detalhes sobre a homenagem realizada às vítimas do acidente.

O general lamentou não ter conseguido resgatar mais sobreviventes. A previsão das autoridades é que somente 11 pessoas sairiam com vida da queda do avião da companhia boliviana, porém a conta agora é bem menor, de apenas seis. Entre eles está o zagueiro Neto, o último a ser retirado do local, com hipotermia. O jogador teve uma espera total de quase dez horas. Duas delas depois de o penúltimo sobrevivente ter sido levado.

Pelo quadro de emergência, o defensor está em um hospital de La Ceja, cidade mais próxima do ponto do acidente, onde já passou por cirurgias. O estado dele é crítico. Os outros jogadores sobreviventes são o goleiro reserva Follmann, que teve uma perna amputada, e o lateral-esquerdo Alan Ruschel. Ele corre o risco de ficar paraplégico.

Acevedo contou que entre as vítimas houve poucos mutilados. “Quando fizemos o resgate, vimos que o estado de conservação dos corpos era claro e fácil para quem atuaria nesse serviço. Isso vai facilitar os trâmites burocráticos”, explicou.

O local é de difícil acesso e está localizado entre as cidades de La Ceja e La Unión. O avião caiu em uma montanha acessada por estrada de terra e, depois, mais 40 minutos de caminhada. Toda a operação da retirada dos corpos terminou no dia seguinte, assim como da caixa-preta, que já teve o conteúdo analisado por autoridades aeronáuticas colombianas.



Veja mais...veja.abril.com.br


Campina do Simão: Bailão do Herança Dia 03 de Dezembro.


Rio Bonito do Iguaçu: Morre o vice-prefeito eleito


O município de Rio Bonito do Iguaçu está de luto. Morreu o vice-prefeito eleito Toni Teles, de 41 anos de idade. Ele estava internado num dos hospitais de Guarapuava com graves problemas cardíacos e entrou em óbito por volta das 20h dessa terça (29). O corpo está sendo velado no Assentamento Ireno Alves, onde residia. A partir das 15h, o velório acontece no Ginásio de Esportes da cidade. O sepultamento será nesta quinta (1º), pela manhã. O horário ainda não está definido.

Toni foi eleito pelo partido Solidariedade na chapa encabeçada por Ademir Fagundes (PHS).


Fonte: www.redesuldenoticias.com.br

Foz do Jordão: Ivan Pinheiro deve ser diplomado na próxima semana


Vice-prefeito será diplomado prefeito de Foz do Jordão

Está agendada para a próxima terça feira (06), a diplomação do vice-prefeito eleito de Foz do Jordão, Ivan Pinheiro, como prefeito da cidade.

Ivan deve ser diplomado como prefeito do município, uma vez que o prefeito eleito, Anselmo Amâncio, morreu em acidente de carro no dia 1º de novembro.



Fonte:www.redesuldenoticias.com.br